Buscar
  • ferreiraegonzales

Nota técnica 01/2021

A Procuradoria-Geral do Trabalho emitiu a nota técnica 01/2021, que reitera a necessidade de organização das escalas de trabalho presencial das trabalhadoras gestantes.


O documento defende que, sempre que possível as gestantes trabalhem de modo remoto. Mas, se o trabalho à distância não for compatível com a função desempenhada, a nota técnica recomenda que seja assegurado o direito das trabalhadoras de serem dispensadas do comparecimento ao local de trabalho, com remuneração assegurada.


Esse afastamento pode ser pautado nas seguintes medidas alternativas:


- Interrupção do contrato de trabalho;

- Concessão de férias coletivas, integrais ou parciais;

- Suspensão dos contratos de trabalho (lay off), suspensão do contrato de trabalho para fins de qualificação (art. 476-A da CLT).


Segundo trecho do documento “A omissão no afastamento de gestantes durante o período de epidemia de Covid-19, independentemente da idade gestacional, pode atrair a responsabilidade civil (art. 186 do CC), administrativa e criminal (art. 132 do CP) dos agentes públicos responsáveis pela conduta omissiva”



#fegadvocacia#direito#advocacia#oab#oabrj#advogado#advogada#oab#riodejaneiro#rj#direitocivil#homeoffice#gestantes#mpt#direitodotrabalho#direitodotrabalhador#trabalhador

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo